Araruna
Vereador Adailson Bernardo mostra a realidade por trás do Projeto Cores na Serra. CONFIRA:

Publicado em 25/08/2020 19:35

Reprodução

Em fevereiro de 2020, foi lançado pela Prefeitura Municipal de Araruna, pela gestão “Cuidando da nossa gente” o Projeto “Cores na Serra” com o objetivo, como dito pela própria gestão: “arborização e embelezamento da entrada da cidade”, porém, como já de costume da administração atual, sendo apenas uma maquiagem, sem visar a prioridade, que é o bem-estar e dignidade das pessoas que naquelas casas vivem.

O projeto tomou prosseguindo realizando apenas a pintura na área externa das casas da comunidade Balanços, que se localiza na entrada da cidade, sendo assim a “primeira impressão” de quem chega a nossa amada Araruna, entretanto, uma grande quantidade de casas daquele local encontram-se em situação extremamente delicada quanto a estrutura da moradia de famílias que ali residem.

Na última segunda-feira (24), o vereador Adailson Bernardo esteve na casa da senhora Maria do Socorro que mora com duas crianças nunca casa que sequer possui um banheiro, dizendo a mesma que realizava as suas necessidades fisiológicas na área externa da casa, um verdadeiro absurdo

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

 

A residência da senhora Maria do Socorro além de faltar banheiro, ainda tem a estrutura de barro, sistema de iluminação exposto, quarto dividindo espaço com a cozinha, o aparecimento frequente de cobras, escorpião e baratas, chegando inclusive a já ter entrado uma barata no ouvido da moradora e sendo picada por escorpiões, tudo isso somando um grande desfavorecimento a qualidade de vidas das pessoas que ali residem.

VEJA O VÍDEO:

Foto da barata retirada do ouvido da senhora Maria do Socorro:

WhatsApp Image 2020-08-25 at 11.04.56

 

Como dito do vídeo, a moradora afirma ter procurado a Secretária de Assistência Social e diz ter obtido como resposta à sua súplica um "não". Desse modo, concluimos quão maquiadora foi as ações desta gestão atual, propondo-se tão somente em pintar as casas que são as primeiras vistas aos que assim chegam a nossa cidade, omitindo por trás de tintas toda a humilhação que mães como a Dona Socorro passam devido a falta de uma administração com uma boa prática de políticas sociais e tratamento humanizado.

araruna1


APP do SensocriticoPB
Google Play Store Apple App Store