Araruna
Vereador tenta invadir casa de prefeito na Paraíba e o ameaça

Publicado em 15/06/2020 19:42

Reprodução

O vereador do município de Pedro Régis, Florestan Abreu, acompanhado dos pais do vereador Adjamir Souza, tentou invadir a casa do prefeito de Curral de Cima, Totó Ribeiro (Progressistas), na noite do último domingo (14). “Foi uma grande armação política, que poderia ter resultado em uma tragédia, pois Florestan estava embriagado e foi incentivado pelos pais de Adjamir a invadir minha casa, colocando em risco a integridade da minha família”, relatou.

O grupo estava em uma festa na casa do vereador Adjamir, realizada mesmo em período de isolamento social, e de lá foi até a casa do prefeito, fazendo ameaças e tentando derrubar o portão. Em filmagem realizada, é possível ver o carro dos pais de Adjamir na frente da casa do prefeito e o vereador Florestan conversando com eles que o incentivavam a prosseguir com as ameaças e agressões verbais. Florestan acabou detido na cidade de Curral de Cima e Totó Ribeiro registrou boletim de ocorrência contra todos que foram até sua casa.

 

Segundo Totó Ribeiro, as ameaças feitas pelo vereador Florestan Abreu são graves e não condizem com a verdade. “A invasão deve ter sido motivada pelo fato de que o vereador apoiou a nossa candidatura a prefeito em 2016 e quando fui eleito queria colocar familiares na Prefeitura de Curral de Cima, o que não aceitamos. Não existe qualquer divida com o vereador. Isso não passou de uma armação política e a prova foi o fato de estar acompanhado pelos pais do vereador Adjamir”, disse.

O prefeito lamentou o episódio ao registrar o fato na delegacia. “Até que ponto as pessoas são capazes de chegar por conta de política, de interesses, de poder? Continuaremos firmes no nosso propósito de administrar nosso município garantindo sempre a proteção e o cuidado com o nosso povo. Não me desvirtuarei do meu caminho que é o de trabalhar por Curral de Cima. Quem quiser chegar ao cargo de prefeito, deve fazer pelas vias legais e democráticas e não por meios escusos e com ameaças a pessoas inocentes. Não vou admitir colocar minha família em risco. O caso agora ficará com a Justiça”, afirmou.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -


APP do SensocriticoPB
Google Play Store Apple App Store