Paraíba
“O aumento do fundo partidário em meio a crise financeira em que vive o país é um insulto a sociedade”, dispara Julian ao se posicionar contra
O deputado em postagem nesta segunda-feira (29), no Instagram, se posicionou contrário a possibilidade.

Publicado em 29/07/2019 19:01 - Atualizado em 29/07/2019 19:01

Deputado Federal Julian Lemos (PSL) (Foto: Reprodução)

É inadmissível pensar em aumento no valor do fundo partidário em meio a crise que o país vivencia. A análise é do deputado federal Julian Lemos (PSL) que, em postagem nesta segunda-feira (29), no Instagram, se posicionou contrário a possibilidade.
Para ele, o valor do Fundo, que atualmente é de R$ 3,7 bilhões, poderia ser usado para saúde, educação e segurança pública.  Segundo o parlamentar, só pensar nessa hipótese já representa um insulto à sociedade.

“Em meio a crise que vivemos em nosso país, em pleno contingenciamento de recursos falar em aumento do fundo partidário é um insulto a todos nós brasileiros, se for para a Câmara não terá meu voto, o fundo partidário tem como ponto principal “ainda”, equilibrar e proporcionar o mínimo de candidaturas com estrutura para serem competitivas diante de um sistema aparelhado como todos sabemos, daí propor um aumento é um insulto, sou contra !”, disse.

Por Blog do Ninja


APP do SensocriticoPB
Google Play Store Apple App Store