Política
Aliado de Bolsonaro, Julian reage a nomeação de Benjamin: "Esdrúxula"

Publicado em 25/02/2019 17:46

Reprodução

Se intitulando como um braço direito do presidente Jair Bolsonaro na Paraíba, o deputado federal Julian Lemos, do PSL, não escondeu seu estranhamento, nesta segnda-feira (25), diante da repercussão da nomeação  do ex-deputado federal Benjamin Maranhão (MDB) na Direção do Departamento de Fomento à Inclusão Social e Produtiva Rural da Secretária Especial do Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania.

O parlamentar, responsável por articular diversas nomeações de paraibanos no governo federal  governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) declarou em uma postagem nas suas redes sociais que não teve nenhuma participação na nomeação

Julian foi além e tachou a nomeação de “esdrúxula” e disse que não seria sequer necessário explicar os motivos.

“Meus eleitores tem me perguntando se tenho alguma participação na indicação do ex Deputado Federal Benjamim Maranhão, afirmo…Não tenho ! Não fiz alianças antes da campanha para esse tipo acordo pós campanha. Acho que, quem de fato sabe da minha postura sabe que não concordo com esse modelo de indicação, não precisa me conhecer muito para saber que de modo algum faria uma indicação esdrúxula dessas para cargo tão importante, acho que não preciso explicar os fatos” publicou.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Tanto Benjamin quanto o tio, José Maranhão, são do MDB, mas se negaram a fazer campanha presidencial para Meirelles no Estado. O senador emedebista chegou a anunciar que seu eleitorado estava livre para voltar em Bolsonaro.

Confira:

nomes

 

PBAgora


APP do SensocriticoPB
Google Play Store Apple App Store