Política
Câmara Municipal de Bayeux aquiva processos que pediam cassação de Berg Lima
Para cassação eram necessários 12 votos dos vereadores, mas apenas 11 optaram pela condenação.

Publicado em 04/01/2019 00:02

Reprodução

A Câmara Municipal de Bayeux, na região metropolitana de João Pessoa, arquivou dois processos que pediam a cassação do mandato do prefeito Berg Lima. A votação ocorreu em sessão extraordinária realizada nesta quinta-feira (3).

A sessão foi encerrada por volta das 22h e absolveu o prefeito das acusações apresentadas. Nas duas votações, Berg Lima foi absolvido por “diferença” de um voto.

A primeira votação foi sobre um pedido de cassação por acusação de irregularidade na contratação de veículos para a prefeitura. Para a cassação eram necessários 2/3 dos votos dos 17 vereadores da Câmara, ou seja, 12 votos. Na primeira votação, o placar foi 11 votos sim (pela cassação), 5 votos não (pela cassação) e 1 abstenção.

A segunda votação se referiu a uma acusação de ausência de recolhimento de valores para a previdência do município de Bayeux, no primeiro semestre de 2017. Assim como na primeira votação, o placar foi de 11 votos sim, 5 votos não e 1 abstenção, resultando no arquivamento também deste processo.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A sessão, presidida pelo vereador Jefferson Kita, foi encerrada por volta das 22h. A votação também foi acompanhada por moradores das cidades e transmitida via internet.

Por G1 PB


APP do SensocriticoPB
Google Play Store Apple App Store