Política
HERVÁSIO REVOLTADO: “Fui o primeiro a apoiar Adriano e fui o último a ser traído”
O deputado estadual Hervázio Bezerra (PSB) pronunciou-se na noite da última sexta-feira (01) após ser derrotado pelo presidente da Assembléia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino (PSB)

Publicado em 02/02/2019 12:27

Reprodução

O deputado estadual Hervázio Bezerra (PSB) pronunciou-se na noite da última sexta-feira (01) após ser derrotado pelo presidente da Assembléia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino (PSB), que ao ser eleito para presidir a Casa de Epitácio Pessoa para o biênio 2019/2020 apresentou o seu nome para disputar a presidência também para o biênio 2021/2022, indo de encontro ao entendimento que existia na bancada governista de que este posto deveria ser ocupado por Hervázio.

Hervázio garantiu que não atacará Galdino e nenhum outro companheiro de partido, mas que este momento após as eleições para a mesa diretora da ALPB deverão ser reservados para a reflexão, tanto da sua parte quanto pelos seus companheiros de parlamento. O deputado também relembrou uma entrevista que concedeu em outubro de 2018, logo após ser eleito em que ele já declarava apoio ao nome de Galdino para a presidência da Casa e que teria honrado com sua palavra ao votar no companheiro de partido.

Ele recordou que o pacto que existia dentre os aliados do governador João Azevedo (PSB) seria o de apoiar as duas chapas que já teriam sido apresentadas e aprovadas pelo chefe do executivo estadual. Hervázio concluiu garantindo que esperava a concretização do resultado esperado por ele,  pois todos os deputados teriam garantido que honrariam com suas palavras.

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

 

PolêmicaParaíba


APP do SensocriticoPB
Google Play Store Apple App Store