Política
Renan Calheiros é vaiado e retira candidatura para presidência do Senado Federal
‘Eu não sou o Jean Willys’

Publicado em 02/02/2019 18:11

Reprodução

O senador alagoano Renan Calheiros que até o presente momento era um dos favoritos para ser eleito presidente do Senado Federal acaba de retirar sua candidatura para o cargo e voltou a aquecer os ânimos na casa após um discurso inflamado em que afirmou não desistir do seu mandato e prometeu que será um ‘cavalo do cão’ contra aqueles que vão de encontro a democracia nacional.

Após afirmar que o processo em que está sendo realizada a eleição do novo presidente não é democrático Renan foi amplamente vaiado pelos seus pares e anunciou que deixava a disputa abrindo os caminhos para a vitória de Davi Alcolumbre. Ao final de seu discurso Renan afirmou que não se portará de forma semelhante ao ex-deputado federal, Jean Willys, que abdicou do seu mandato após sofrer ameaças de morte.

 

PolêmicaParaíba

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

 


APP do SensocriticoPB
Google Play Store Apple App Store