Cidades
COMPRA DE VOTOS: Secretário revela esquema de Flávia e Daniel Galdino em Piancó: “Temos R$ 10 milhões para dar ao povo”

Publicado em 03/09/2020 19:22

Reprodução

O secretário de Articulação Política de Piancó, Gerivaldo Dantas, revelou, em áudios vazados nas redes sociais, que o grupo da situação, liderado pelo prefeito Daniel Galdino e sua mãe, a ex-prefeita Flávia Galdino, já está comprando votos para as eleições municipais deste ano. “Já tá comprando votos, nós somos fortes”, disse o secretário no áudio.

 

Gerivaldo Dantas disse também que o grupo da situação não tem com o quê se preocupar no pleito, pois tem R$ 10 milhões para gastar, dar ao povo. “Nós temos R$ 10 milhões para gastar com o povo, para dar ao povo. Então, não tem porque esquentar, é só esperar”, disse.

Em outro áudio, Gerivaldo ironiza as pretensões do grupo da oposição quanto a uma possível prisão da ex-prefeita Flávia Galdino, que responde a inúmeras ações judiciais. “Vá sonhando. A oposição vive na expectativa de sonhos, vá sonhando que Flavia vai ser presa”, disse.

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

No último mês de janeiro, por exemplo, Flávia Galdino foi condenada pelo crime de improbidade administrativa e terá que ressarcir o município de Piancó o valor de R$ 36.014,72, além de ter seus direitos políticos suspensos pelo prazo de cinco anos, como, ainda, a perda da função pública que porventura exerça ao tempo do trânsito em julgado da Ação Civil Pública nº 0001212-70.2014.815.0261 movida pelo Ministério Público do Estado.

A sentença foi do juiz Antônio Carneiro de Paiva Júnior, coordenador da Meta 4 do Conselho Nacional de Justiça, na esfera do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB). Assim, a ex-prefeita Flávia Galdino terá que devolver mais de R$ 5 milhões aos cofres públicos.

Com relação aos áudios do secretário, o Ministério Público Estadual (MPPB) já foi acionado para apurar o caso.

 


APP do SensocriticoPB
Google Play Store Apple App Store