Policial
Paraibanos presos com cocaína no aeroporto de Roma são encaminhados para presídio

Publicado em 13/02/2019 19:50

Os dois paraibanos presos com cocaína no aeroporto de Roma, na Itália. (Foto: Reprodução/Whatsapp)

Os dois paraibanos presos com cocaína no aeroporto de Roma, na Itália, no dia 8 de fevereiro, foram conduzidos a um presídio na região de Civitavecchia. De acordo com Thiago Jeronimo Leite, advogado de um dos presos, a polícia italiana ainda não ouviu nenhum dos dois brasileiros. O Consulado do Brasil em Roma segue prestando auxílio aos dois presos. OS suspeitos foram identificados como sendo Israel Marques e Tamara Nunes.

A prisão ocorreu no aeroporto Leonardo Da Vinci, também conhecido como Fiumicino, em Roma, capital da Itália. Um homem e uma mulher, ambos moradores de João Pessoa, seguiam para a Alemanha e fizeram uma escala na Itália. Os dois foram flagrados com cocaína no aeroporto italiano e presos pela polícia local.

“Estamos em contato com Itamaraty, que está dando suporte nessa questão. Também fizemos contato com o consulado brasileiro em Roma. Seguimos aguardando maiores informações porque não a polícia italiana ainda não passou nada. Está muito difícil para família”, relatou o advogado do brasileiro preso na Itália.

Ainda de acordo com o advogado, as autoridades italianas constituíram dois defensores públicos para os dois paraibanos presos. “Ainda não sabemos a quantidade do entorpecente que foi encontrada ou se foi encontrada na bagagem. Pelo Código de Processo Penal da Itália, o preso é quem autoriza a visita da família ou de alguma autoridade. Acredito que teremos mais informações em breve”, explicou o advogado.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Em nota, o Ministério das Relações Exteriores informou que acompanha o caso através do Consulado do Brasil em Roma e que, em respeito à privacidade do envolvidos, não iria informar maiores detalhes a respeito da prisão.

Por G1


APP do SensocriticoPB
Google Play Store Apple App Store