Paraíba
Romero anuncia veto parcial a projeto que regulamenta aplicativos de transporte em Campina Grande
Prefeito anula emenda que estabelecia valor da tarifa; decisão é fruto de entendimento com a Câmara

Publicado em 19/06/2019 15:51

"A decisão, portanto, esta sendo tomada de forma absolutamente consensual, pacífica", assegurou o prefeito campinense (Foto: Walla Santos)

O prefeito Romero Rodrigues confirmou, na tarde desta quarta-feira (19), o veto parcial ao projeto aprovado pela Câmara de Vereadores regulamentando o funcionamento de aplicativos de transporte de passageiros em Campina Grande.

Segundo o prefeito, o veto parcial diz respeito, entre outros pontos da lei, à definição da tarifa a ser praticada pelas empresas do setor.

De acordo com uma emenda que foi aprovada no plenário, o valor mínimo das corridas sofrerá um reajuste e terá que custar no mínimo o dobro de uma passagem no transporte coletivo da cidade. Atualmente, a tarifa de ônibus custa R$ 3,70, logo, o valor mínimo da corrida terá que ser de R$ 7,40.

Romero informou que, antes de anunciar sua decisão, teve o cuidado de conversar com o vereador Márcio Melo, autor da emenda, com a presidente da Câmara, Ivonete Ludgério e, por extensão, com a bancada do governo na Casa.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

"A decisão, portanto, esta sendo tomada de forma absolutamente consensual, pacífica", assegurou o prefeito campinense.

Por Redação ClickPB


APP do SensocriticoPB
Google Play Store Apple App Store