Política
Olimpio chama Carlos Bolsonaro de doido e sugere que o pai o interne na Colônia

Publicado em 14/10/2019 18:04

Reprodução

O líder do PSL no Senado, Major Olímpio (SP), pediu nesta segunda-feira (14/10/2019) que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) interne o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) em uma clínica psiquiátrica. Ambos trocaram uma série de farpas nos últimos dias.

 

“O presidente precisava providenciar a internação psiquiátrica para ele [Carlos]. Não tem outra medida. Mas isso é questão de família”, sugeriu o senador em entrevista à revista Época.

Olímpio ameaçou ainda processar o filho 02 se o nível de desrespeito aumentar com a insistência das ofensas. O congressista culpou Carlos pela demissão de ministros do governo federal.

“Quando as ofensas chegarem ao ponto de judicializar, eu o farei. São molecagens irresponsáveis que já derrubaram ministros, arrebentaram com fiéis aliados de Bolsonaro. Um péssimo exemplo para o país. Mas comigo o papo vai ser outro. Não vou me intimidar por se tratar de filho do presidente. Que se dane”, disparou Olímpio.

Senador mais votado da legenda, Olímpio foi alvo de críticas do vereador carioca nesse domingo (13/10/2019), que o chamou de “bobo da corte”. Em contrapartida, o parlamentar chamou o filho do titular do Palácio do Planalto de “moleque”.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Olímpio não tem gostado da interferência dos filhos Carlos, Eduardo e Flávio Bolsonaro no mandato do pai. A crise se agravou com a possível saída do chefe do Executivo da legenda, alavancada com o andamento das investigações contra o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.
 
     
 


APP do SensocriticoPB
Google Play Store Apple App Store