Plantão Urgente

O Marqueteiro Augusto Fonseca é um velho conhecido meu. E de muitas outras pessoas ligadas aos bastidores da parte publicitária da campanha do ex-senador José Maranhão (PMDB, falecido no ano passado, vítima de Covid). Na época, Augusto chefiou o escritório da DMMP (Duda Mendonça Marketing Político) na Paraíba, trabalhando junto com João Santana (ex-marqueteiro da ex-Presidente Dilma, antes do Impeachment de 2016).

Também passaram nessa época por João Pessoa, na sede do marketing da campanha (localizada onde existe hoje o prédio da loja de roupas clássicas “A Primavera” tecidos, na Avenida Marcionila da Conceição, na praia do Cabo Branco), alguns publicitários amigos de Augusto Fonseca. São eles: Raimundo Lueddy (Mundico), Mario Rosa (ex-assessor de Gerenciamento de Crises de Imagem da CBF = Confederação Brasileira de Futebo, na gestão de Ricardo Teixeira), Anselmo Filho Duarte (herdeiro do cineasta diretor do filme “O Pagador de Promessas”, ganhador do prêmio a Palma de Ouro do Festival de Cannes, na França, em 1962) e outros profissionais daqui mesmo.

Augusto trabalhou com Dudha Moreira, Nadja Almeida, Valneide Ribeiro, Sandra Magaly, Wilma Giuseppe, Augusto Correia Lima (seu xará, na fase em que foi sócio-diretor de Júnior Guerreiro, Sérgio Rique, Marcelo Piancó – estes dois últimos já falecidos – na agência Antares Propaganda), Dilson (apelidado de Orelhinha das TV’s Assembléia, Correio, Tambaú, Arapuan e Cabo Branco) e Sandra Santana (irmã de Zilmar Fernandes, sócia de Duda Mendonça na extinta DM9-SP).

Tudo isso, entre outros editores de texto e de imagens, repórteres de externas, produtores de notícias e apresentadores de estúdio do Guia Eleitoral, como a atriz paulista Eliete Cigarrini, que fez par romântico com Maurício Mattar (pai de Luan, filho dele com Elba Ramalho), nas novelas da Rede Record, Denny Oliveira, do Recife e Zeca Xavier, que também trabalhou na campanha para Presidente da República do PSDB, Fernando Henrique Cardoso, naquele mesmo ano, há 24 anos.

Augusto Fonseca foi quem criou junto com Mario Rosa o slogan famoso “O Senador de Zé é Ney”, usado como principal palavra-de-ordem da campanha de Suassuna, que foi eleito para o Senado da República, naquele mesmo ano. Maranhão foi reeleito Governador do Estado. O vice-governador eleito foi Roberto Paulino e o Presidente da Assembléia Legislatura era Gervásio Bonavides Mariz Maia (já falecido), pai do atual Deputado Federal Gervasinho (PSB).

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo