Plantão UrgentePolítica

Com contornos de “orquestração palaciana”, boatos de que Luiz Couto será candidato ao Senado no lugar de Ricardo Coutinho pautam a mídia

Por Wellington Farias (*)

Com contornos de orquestração oriunda das hostes oficiais, nesta segunda-feira (21/3) circulou por toda a Paraíba, com o reforço de parte da mídia controlada, o boato de que o ex-deputado Luiz Couto seria o candidato a senador no lugar do ex-governador Ricardo Coutinho.

É notória a intenção dupla: primeiro, queimar a pré-candidatura de Ricardo Coutinho ao Senado; segundo, prejudicar a pré-campanha do padre Luiz Couto à Câmara Federal.

O que leva a supor que seja uma orquestração é o fato de, no mesmo dia, o assunto virar tema de comentários e notícias em cima dos mesmos argumentos e até palavras semelhantes, ficando parecido com pauta orientata e determinada…

Imediatamente após a mídia dar credibilidade ao boato, pautando o seu noticiário e comentários, a Assessoria de Imprensa do ex-deputado Luiz Couto rebateu o boato, negando qualquer articulação neste sentido.

Enquanto isso, faltou ser dito que o o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF) estendeu a Ricardo Coutinho o direito de se ausentar da comarca de João Pessoa sem ter que pedir autorização à Justiça.

Ricardo e Couto são do PT

(*) Wellington Farias é co-editor do blog Dito e FeitoPB, juntamente com a jornalista Eloise Elane

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo