DestaquesPlantão Urgente

Efraim Filho diz que pai entregou cargo para que União Brasil fique livre para diálogo com Pedro Cunha Lima: “gestos que valem mais do que mil palavras”

O deputado federal Efraim Filho disse que o pai, Efraim Morais, entregou o cargo de secretário no Governo da Paraíba para que o União Brasil fique livre para o diálogo com Pedro Cunha Lima. Em entrevista ao programa Arapuan Verdade, nesta sexta-feira (25), conforme apurou o ClickPB, Efraim Filho pontuou que “existem gestos que valem mais do que mil palavras”.

Para o deputado Efraim Filho, Efraim Morais entregou o cargo para o União Brasil ficar livre e independente para esse diálogo com as outras chapas porque se continuasse no governo não haveria espaço para essa conversa com Pedro Cunha Lima.

Ainda segundo Efraim Filho, houve indecisão e, diante da indecisão, o União Brasil resolveu sair do governo João Azevêdo.

Questionado se isso já poderia sinalizar a adesão de Efraim Filho à chapa de Pedro Cunha Lima para a vaga de pré-candidato a senador, o deputado federal declarou que “existem gestos que valem mais do que mil palavras.”

Efraim Filho revelou que, na reunião com João Azevêdo, “o governador fez uma análise de cenário da formação da chapa. Foi uma conversa muito serena, muito tranquila. Mas chegou o momento da tomada de decisão política”.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo