CulturaDestaques

Irmã de Paulinha Abelha fala sobre início de doença: ‘Poderia ser uma gravidez

Carla Abelha, irmã de Paulinha Abelha, deu entrevista dando detalhes sobre o início da doença da integrante do Calcinha Preta. Paulinha está internada com quadro neurológico grade na Unidade de Terapia Intensiva de um hospital particular de Aracaju, no Sergipe. Ela está em coma e respirando com a ajuda de aparelhos.

“Chegou a informação de que ela estava se sentindo mal (na turnê da banda, em São Paulo), vomitando, e a gente imaginou que poderia ser uma gravidez. Quando ela chegou aqui em Aracaju, continuou do mesmo jeito e veio para o hospital. Quando chegou ao hospital, já foi identificado que tinha um probleminha nos rins e houve a insuficiência renal”, contou Carla ao Cidade Alerta SE.

A irmã também falou sobre a preocupação de Paulinha com a saúde, afirmando que ela estava sempre com os exames em dia.

“Sempre foi saudável, sempre fez exames… Eu vou falar uma coisa que ela reclamava mais comigo: ‘Carla, vai fazer seus exames’. Ela sempre falava isso pra mim, porque ela fazia exames direto. Ela se cuidava bastante, então isso pegou a gente de surpresa. Foi uma coisa tão rápida, que a ficha da gente ainda não caiu”, desabafou.

Carla disse que a causa da infecção continua sendo investigada pela equipe médica, mas que problemas cerebrais foram descartados. “O médico veio para cá, o neurologista, no intuito de detectar qual o problema que estava causando isso. Ele fez tomografia e no cérebro dela está tudo normal. Saiu nota dizendo que teve falência cerebral, não existe, isso está descartado, é fake news. Coração, pressão, cérebro, tudo ok. Ela não acordou ainda por causa da sedação. Tem que ir diminuindo (o sedativo) aos poucos”, explicou.

Ela também comentou boatos de que a cantora teria uma infecção já existente desde criança que teria se agravado só agora. “Isso é mentira. A Paula sempre foi forte. Ela nunca teve esse problema de infância”, assegurou.

O que posso dizer do estado de Paula hoje é que está estável. Ela está tomando os antibióticos, não está mais inchada de forma nenhuma e a tendência dela é melhorar. Ela está respondendo bem ao tratamento e vamos rezar e orar que continue dessa forma”, disse.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo