Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Publicidade
Publicidade
De: BEATO SALU Para: SITUAÇÃO - Oi pessoal, estou de volta. Queria saber em se con.. Leia + | De: Bacurau forte Para: Prefeito de Tacima - Sr. prefeito , venho de publico apelar pra sua ben.. Leia + | De: Riva Santos Para: funcionários - Parabéns a toda equipe que faz a limpeza da praça .. Leia + | De: Peritum Para: Iran Motos - Ao ler a reportagem sobre a união das oposições me.. Leia + | De: bicudo fiel Para: TACIMA - faze um fejoada com apoio da prefeitura e cobrara .. Leia + | De: oliveira Para: prefeitura de tacima - senhor prefeito mande limpar o cemiterio que esta.. Leia + | De: bicudo fiel Para: G NADA - E O G7 FICOU EM Q? EM NADA, KD LAU, JOSA BUIU E PI.. Leia + | De: morado Para: De morado do conjunto marizete Dutra - de morado do conjunto Marizete dutra ;estamos no e.. Leia + | De: Ararunense Para: População - Uma vergonha a estrada de aceso ao sitio Macapá, t.. Leia + | De: Edigley Alves Sousa Para: ANP (Agência Nacional de Petroleo) - Eu gostaria muito de saber limite é esse que a ANP.. Leia + | De: Aelson Maracaja Para: A população de Araruna - A Resolução do Conanda: 170/2014, esta resolução m.. Leia + | De: Aelson Maracaja Para: A população de Araruna - Que vergonha sabe que a Câmara Municipal de Ararun.. Leia + | De: bacurau tacimense Para: prefeito - sr pref. nao baixa a cabeca nem fique de coca pra .. Leia + | De: Ararunense comprometido com o crescimento Para: Secretaria de saude e Prefeita - Gostaria apenas de registrar a brilhante conferenc.. Leia + | De: Professora Newman Pinheiro Para: ARARUNA-PARAÍBA - Neste dia, 10 de julho de 2015, nosso Município co.. Leia + |
Postado em 27 de Novembro de 2017 ás 16:53 h
Alckmin será presidente do PSDB para unir partido e buscar aliados
Publicidade

Depois de resistir por algum tempo, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, decidiu acumular a presidência do PSDB com a candidatura à presidência da República como forma de evitar o aprofundamento do racha no partido e conquistar apoios de outros partidos para sua provável candidatura.

O último movimento de pressão partiu do governo Temer, que deixou claro aos tucanos aliados ao Palácio do Planalto que, se Tasso Jereissati fosse eleito para o comando partidário, o PMDB seguiria outro caminho na campanha do ano que vem, isolando o PSDB na disputa presidencial.

Isso aconteceu enquanto a disputa entre Marconi Perillo e Tasso Jereissati dava sinais de confronto entre alas do partido.

Desde o final da última semana, a palavra estava com Alckmin. Ele ouviu tanto de Marconi quanto de Tasso que, se ele quisesse ser o nome de consenso, os dois retirariam as candidaturas. Mas que isso deveria ser feito logo porque, mais adiante, as campanhas estariam irreversíveis.

Ao longo dos últimos dias, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso defendeu publicamente a indicação de Alckmin, mas o governador paulista aguardava, ainda, uma palavra pública de apoio dos senadores José Serra e Aécio Neves.

Ao senador Tasso Jereissati, que tinha agenda de campanha em Santa Catarina nesta segunda-feira, Alckmin prometeu dar sua resposta ao longo do fim de semana. Alckmin, que já havia conversado com Marconi Perillo na sexta-feira, telefonou para Tasso Jereissati no domingo para dizer que assumiria, então, a condição de candidato de consenso para a presidência do PSDB. O movimento de Alckmin paralisou, portanto, a disputa entre os dois.

O acordo de anúncio de Alckmin e retirada das duas candidaturas deve ser sacramentado em reunião em São Paulo, da qual deve também participar o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Durante algum tempo Alckmin resistiu a assumir a presidência do PSDB, tal como fez Aécio em 2014 quando se tornou candidato à presidência da República, por temer pressão para que antecipasse a desincompatibilização do governo do Estado. Isso deflagraria também antecipadamente a disputa dentro do próprio governo pela vaga de candidato ao governo.

Agora, além de costurar as alianças nacionais, ele terá também de resolver as disputas entre aliados que querem seu apoio para disputar o Palácio dos Bandeirantes.

Blog da Cristiana Lôbo (G1)

O que você achou desta notícia?
bom Gostei ruim Não Gostei
Gostei 0
Não Gostei 0
Por: Vando
Link:
Comentários ()